Filhoterapia – Por Estelinha

Blog
Olá, quem escreve hoje é a Estela, esposa do Elliot e mãe do Arthur, que tem 10 meses. Formada em Educação Física, sou professora concursada do Estado de São Paulo. Escreverei aqui toda semana sobre atividade física para crianças.  

Em tempos
 modernos o relógio corre contra nós e a violência nos aprisiona em nossas casas. Os jogos eletrônicos, os programas de TV, o fascínio dos tablets e smartphones, tudo isso leva nossas crianças à uma infância contida, onde o eletrônico é quem faz o movimento. Crianças que antes corriam, pulavam e brincavam, na rua, parques e praças, hoje precisam das aulas de educação física e das escolinhas de esporte para se exercitarem. Temos um número crescente de crianças e adolescentes, sedentários e obesos. Doenças que antes eram de adultos como diabetes, colesterol, triglicérides, entre outras, surgem cada vez mais cedo. Distúrbios como TDAH são mais frequentes. Claro! Tanta energia acumulada acaba se traduzindo de alguma maneira. 
Se a criança aprende pelo exemplo, que tal voltar no tempo um pouquinho??? Desligar todo aparato eletrônico, TV, notebook, celular , e exercitar a filhoterapia? Sim, Vou lançar um desafio!! Ponha uma roupa confortável, tire o sapato, afaste o sofá se preciso, e ao menos 30 minutos por dia exercícios com as crianças. É pra vir todo mundo, o papai, a mamãe, a vovó. Até porque exercícios para eles são brincadeiras, e brincadeiras fazem bem a qualquer um. 

Aqui teremos sugestões, mas aceitamos também as suas!!! O espaço comentários existe para isso!!! Antes ou depois desse momento maravilhoso, tire uma foto, publique com #filhoterapia30minutos, aos poucos o desafio vira um delicioso e saudável hábito. 
Bem, vamos à prática!!! 

1
 mês de vida: O bebê passa a maior parte do tempo dormindo, se adaptando a vida fora do útero. Enxerga objetos bem próximos, ouve e reage a sons. Um exercício excelente é utilizar o toque, uma massagem bem gostosa, em cada pedacinho do corpo do bebê. Aproveite esse momento, e olho no olho, invente uma música que será só de vocês, 4 ou 5 palavras bastam! Insira os nomes dele e da família na canção. Talvez você não perceba, mas já está exercitando muito a capacidade cognitiva (aprender e adquirir conhecimento). Temos uma musiquinha aqui em casa e Arthur reage a ela de maneira diferente a cada etapa de seu crescimento. Um laço foi criado lá atrás, e isso é excelente. 

Crianças de 10 a 12 anos
É uma idade bastante complicada, pois além da criança estar bem próxima à adolescência, o que se chama por pré adolescência, pode já não se interessar pela companhia da família, preferindo passeio com amigos, jogos eletrônicos, etc. Mas essa é a fase da introdução esportiva!! Aprender a ganhar e perder, trabalho em equipe, esperar a vez. Jogos coletivos, como futebol, vôlei, handebol, basquete, etc, são os mais indicados e populares. Sendo assim, compre uma bola, se não puder comprar, as bolas de meia são bem utilizadas e até vendidas em lojas de brinquedos educativos. O futebol de botão é uma opção compacta e que também se utiliza da coordenação motora fina, estratégia e uma boa pontaria!! Certeza que 30 minutos serão pouco para tanta diversão!! 

Bem, hoje me apresentei e deixei um pouquinho do que vem por ai
!! Espero que tenham gostado porque semana que vem tem mais!!! 
Beijos 
Estela e Arthur 
@estelampe (instagram)
www.namorarsempre.com
Receba nossas novidades no seu E-mail

Digite o seu e-mail e receba nossos artigos, promoções de parceiros e eventos no seu e-mail. Gratuitamente!

Idealizadora e Editora de Conteúdo Email: karina@paracrianca.com.br