Uma Aventura Lego

Livros e Filmes
Uma Aventura Lego conseguiu encontrar um raro acerto, o tempo exato para narrar essa aventura. Dando para a produção a invejável classificação sem limite de idade. Qualquer um que gosta de um bom filme certamente vai se divertir com o longa (desde Toy Story 3 que não vejo algo assim).

A trama a princípio parece mais uma qualquer, nela, Emmet é um cidadão comum, que vive à base das regras impostas pela sociedade e pelo governo. Até que acaba sendo confundido com um mestre construtor, o escolhido para salvar o mundo do terrível senhor Negócios. É então que Emmet e outros construtores irão se juntar nessa divertida aventura, que irá visitar diversos cenários idênticos ao vendidos dos brinquedos Lego.


Os diretores e roteiristas Phil Lord e Chris Miller (Tá chovendo Hambúrguer) conseguiram desenvolver uma trama em que explorara exatamente o encantamento que Lego provoca em adultos e crianças: a vontade de criar, estimulando a criatividade nas diversas peças que encaixam uma na outra.

Sem perder o humor, a trama passeia por diversos marcas licenciadas a Lego, agregando personagens e momentos hilários nos 100 minutos corridos de projeção. E também faz homenagens a diversos filmes, ou mostrando o personagem propriamente dito ou colocando situações idênticas a cenas ou personagens icônicos do cinema. Impossível não vibrar cena a após cena.


Se não bastasse a criatividade, o humor bem empregado o roteiro vai além e consegue introduzir uma acida critica social e policita, dos acomodados que não brigam pelos seus diretos, da manipulação política através do medo, e ainda tem uma mensagem de auto-ajuda, mostrando que você só vai ser especial quando acreditar nisso, e sair da “caixa”, enfim são Insights geniais que surgem durante quase todo o longa.
Há de se parabenizar também pela forma como o roteiro conseguiu introduzir uma gama enorme de personagens, sem perder o controle da narrativa. Para se ter uma noção vou citar alguns dos apresentados: Batman, Super Homem, Mulher Maravilha, Tartaruga Ninja, elenco de Star Wars, jogadores de da seleção de basquete americano de 1992, Gandalf entre muitos outros. Todos aparecem para evidenciar a cultura pop como um todo.

Tecnicamente o filme é também uma obra genial, dos cenários a computação gráfica que encontraram um fino equilíbrio, tudo é alinhado para tornar a experiência um mágico momento, onde você poderá ver os brinquedos que você montava ou monta ganhando vida na telona -, não tem como não se divertir e voltar a ser criança (isso para os adultos), vendo esse resultado.
Para dar ainda mais vontade de conferir o longa, o seu desfecho é levemente surpreendente, colocando personagens que a princípio não eram esperados, mas que reafirmam a mensagem que o filme durante todo o desenvolvimento pregou.
Uma Aventura Lego é sem dúvida a melhor animação dos últimos tempos, sabendo divertir, emocionar, refletir, sem perder o tom. IMPERDÍVEL!
Crítica feita por Kadu Silva, especialista em cinema. Link para o site do Kadu está AQUI
Receba nossas novidades no seu E-mail

Digite o seu e-mail e receba nossos artigos, promoções de parceiros e eventos no seu e-mail. Gratuitamente!

Idealizadora e Editora de Conteúdo Email: karina@paracrianca.com.br