Uso de Tecnologia Por Crianças

Uso de Tecnologia Por Crianças

Esse post faz parte do projeto #11blogs11segredos, realizado por 11 mães blogueiras, com o intuito de dividir opiniões e vivências diversificadas sobre assuntos relacionados à vida materna. Seja muito bem vindo!

“Nem tanto ao céu nem tanto ao mar”…
já diz o bom e velho ditado popular, e se aplica em tudo na vida, inclusive no uso de tecnologia por crianças.

Minha filha Alice tem 3 anos de idade, e usa todos os dias, em algum horário, gadgets como TV,  iPad, iPhone, câmera fotográfica, filmadora, e também já sabe que o mouse aponta para alguma área da tela do notebook, e também toca na tela do mesmo para selecionar algum vídeo que quer assistir. Ela nasceu nessa realidade e por mais brincadeiras e passeios que façamos, a tecnologia está presente em nossa vida e, equilibradamente, aqui, só faz bem.

Não tenho estipulado o tempo exato de uso diário. Já escutei mãe dizendo que “meu filho fica apenas 20 minutos”, mas por aqui o que determina essa quantidade é o meu feeling. Sei dosar a quantidade de tempo, e também respeito a vontade de Alice, que na maioria das vezes prefere brincar com quebra-cabeças,  bonecas, blocos de montar.

Você que tem criança em casa, o que acha do uso de tecnologia por crianças?

Kids-and-Technology

Abaixo compartilho com vocês a opinião de mães blogueiras, super atualizadas e ligadas no que acontece nesse universo materno. Cada uma com seu jeito peculiar, mas com um desejo em comum: o melhor para os filhos:

50 Tons de Mãe
Me julguem, mas sou totalmente a favor da inserção da tecnologia à vida de nossas crianças. Arthur assiste TV desde pequeno e eu até já fiz post sobre isso, contando que é notório sobre o desenvolvimento dele. CLARO que não acho que a tecnologia deva ser substituta das demais brincadeiras pois também amo um brinquedo educativo, porém, acredito no poder que exerce, positivamente. Hoje ele tem seu próprio tablet, e a cada dia tem uma novidade para me contar. Considerando que o uso deve ser sempre limitado, não vejo nenhum ponto negativo.

Sou Isabela e escrevo no blog 50 Tons de Mãe, onde compartilho minhas experiências como mãe e mulher. Lá você encontra dicas sobre a maternidade, saúde, cultura e coisas de mulherzinha. Conheça mais clicando aqui:

Blog Clube de Duas
Eu concordo com o a aproximação das crianças com tecnologia. Hoje o mundo não vive sem tecnologia e não concordo afastar as crianças dela, seja ipad, video game ou computador. Concordo de não haver exageros, ter horários e deixar a crianças ciente das regras para o uso. A tecnologia está tão inserida em nossa vida que acredito que a aproximação com a tecnologia só trás benefícios, pois já vi tantos adolescentes que queriam entender melhor o vídeo game, entraram em cursos de programação, pela intimidade com a tecnologia, e hoje já ganham seu dinheiro programando aplicativos e entendem muito sobre o assunto, sem fazer esforço e fazendo o que gostam.

Sou Thieli, empresária e mãe de três, escrevo o blog Clube de Duas há 5 anos com minha irmã. Um blog divertido, dedicado a lifestyle, moda e maternidade.

Clube da Fraldinha
Aqui em casa somos muito tecnológicos então consequentemente Théo captará esses estímulos. A internet e computadores sempre encurtaram distâncias permitindo que nos comunicásemos com pessoas queridas que não moram aqui no Brasil. Eu permito o contato com o celular porque acredito que essa ferramenta é uma outra maneira de entretenimento. Claro que não deve ser a única e que deve ser limitada, mas a modernidade está aí e não é possível ignorá-la.

O Clube da Fraldinha trata dos mais diferentes e variados temas ligados à gestação e à maternidade. Falamos de decoração, festas, cuidados, dia-dia, produtos, comportamento, educação, higiene, lazer e muito mais. Entrevistas com mães famosas, programação infantil, dicas de viagens e colunas profissionais são nossos destaques. Conheça o Blog. www.clubedafraldinha.com

Papo de Mamae amelia
Não adianta negar, nossos filhos nasceram na era digital e esse é o mundo deles! Porém até que ponto é saudável essa interação com o mundo tecnológico? Cada dia mais cedo crianças tem celulares e tablets, jogos que antes eram feitos com os pais hoje são jogados em computadores e outros aparelhos. Aqui prezamos muito pela inclusão tardia da Julia nesses meios, mas já estamos começando a perceber que não será possível segurar por muito mais tempo, afinal é o tempo dela e aquela época que vivemos sendo crianças que brincavam na rua, em breve irá acabar.

Meu nome é Jenny e sou do Blog Papo de Mamãe Amélia, onde conto um pouco do meu dia a dia como Mãe e Dona de casa e dou várias dicas! Conheça o Blog! www.papodemamaeamelia.com.br

Mães Brasileiras
Telefones, tablets, Internet, uso de redes sociais … Nossa vida é cada vez mais dependente de novas tecnologias… Elas são úteis para comunicar, compartilhar, brincar, educar; Mães e pais que pensam que o caminho é afastar seus filhos de tudo isso, estão cometendo um erro, porque estão lutando contra um avanço sem volta e cujo propósito muitas vezes é ajudar as pessoas a fazer suas vidas mais fáceis, mais divertidas, mais eficazes. Tenha em mente que seu filho nasceu em um mundo cheio de tecnologia e vai começar a saber (se ainda for bebê) como usar telefones e tablets em breve e com uma facilidade surpreendente. Mães, nossos filhos já nasceram imersos no mundo da tecnologia e para eles é algo muito natural. Educação em novas tecnologias é essencial para a criança, os pais só precisam administrar o tempo, afim de evitar possíveis abuso e dependência… (Flavia Miranda)

Portal Mães Brasileiras – Feito por mães reais, para mães reais. Duas mães em diferentes situações e experiências vividas, mas com único sentimento, o amor incondicional pelos filhos. Conheça o blog www.maesbrasileiras.com.br

Criançaria
Vejo a tecnologia como uma “faca de dois gumes”. Ela pode ser usada para o crescimento de uma população, mas pode por fim às relações sociais. O uso da tecnologia pelas minhas filhas tem hora marcada e momentos definidos e ajuda muito para pesquisas e aprendizados de letras, números, cores e línguas, entre outros. Mas não acho saudável colocar um eletrônico nas mãos das minhas filhas para deixa-las quietas ou sem restrições e tempo determinado. Sou a favor de outros artifícios, como conversas e brincadeiras de papel e várias outras ideias legais de entreter uma criança. Enfim, o uso da tecnologia é bom quando for para o enriquecimento das crianças, mas pode ser ruim e deve ser evitado em excesso e sem objetivo.

Bela Aires é advogada e mãe de duas princesas de 7 e 4 anos. Desde que se tornou mãe passou a ter um interesse ainda maior por todo o universo materno e/ou infantil. Assim, surgiu o Criançaria, um site onde ela divide suas experiências e muitas informações. Conheça o blog. www.criancaria.com.br

Roteiro Baby
As crianças de hoje convivem naturalmente com a tecnologia e existe uma série de aplicativos/acessórios que além de diverti-las as ensinam muito. Utilizar com moderação e selecionar bons conteúdos são cuidados essenciais para que a tecnologia seja positiva na rotina das crianças.

Roteiro Baby: há 5 anos no ar e com a maior fanpage para mães no Facebook, o Roteiro Baby compartilha dicas sobre o que há de mais interessante no mercado e cotidiano materno-infantil. Conheça o blog www.roteirobaby.com.br

Letícia Dream Baby
Eu nunca restringi o uso de tecnologia dentro de casa. Meu filho tem contato com TV,  iPhone e iPads desde sempre. Acredito que aprender a usar esses equipamentos faz parte da realidade atual e assim como com qualquer outro assunto, isso deve ser dosado, mas não proibido. Hoje ele tem 4 anos e tem seu próprio iPad, eu controlo todo conteúdo e ele usa para jogar, assistir filmes e séries no Netflix. Não costumo deixar que ele brinque com meu iPhone pois não case protetora e nem tenho jogos educativos em meu dispositivo. Ele utiliza o iPad regularmente, mas não é viciado e nem sente falta caso a gente deixe uns dias guardado por algum motivo. Acredito que hoje existem muitas opções para que as crianças possam usar a tecnologia e se beneficiar aprendendo bastante com isso.
Leticia Dantas escreve em seu blog Leticia Dream Baby, que traz informações e inspirações para mães além de dar muitas dicas sobre a Disney. Conheça o blog: www.leticiadreambaby.com

Mamãe de Casa
Adoro brinquedos pedagógicos e rústicos, que não precisem de pilhas e não emitam sons artificiais. Só compro brinquedos desse tipo para o Gu e percebo que faz muita diferença! Evitei ao máximo o contato que ele tinha com tecnologia, mas chega um momento que a independência deles é tamanha que eles mesmos aprendem a mexer no YouTube sozinhos! Hoje ele já pega o meu celular ou o iPad, entra nos apps, escolhe seus próprios desenhos… Mas eu só permito isso em alguns momentos do dia. Percebo que ele se entretém com desenhos tanto quanto com um par de carrinhos no restaurante. Libero o mínimo possível pois sei que muito em breve o contato com tecnologia será inevitável na escola e na casa dos amiguinhos.

O blog Mamãe de Casa foi criado pra dividir o dia a dia de uma mãe em tempo integral, cheia de expectativas, dúvidas, sonhos e medos, mas com muita disposição para aprender e bastante humor para escrever.. Criação com apego é a minha filosofia! www.mamaedecasa.com.br

Mãe Fora da Caixa
Ai! como penso nesse assunto! Meus filhos estão cada dia mais “viciados” em iPad, computadores e celulares. Estou sempre em busca de saber o que fazer: podar, limitar, ceder? Ah que difícil! Claro que as crianças de hoje estão inseridas nesse novo mundo, e não há como mudar. É uma realidade. Precisamos ao máximo oferecer diversos incentivos, para que despertem para outros assuntos. Jogos, esportes, passeios podem ser boas alternativas. Acredito que a questão-chave é o equilíbrio. Mas como é difícil encontrá-lo!

Sobre o blog: Sou Gabi, e com a Thaís escrevo o Blog Mãe Fora da Caixa. Nosso blog fala para mulheres que pensam além da maternidade. Escrevemos para vocês, mães, que empenham-se com amor para criar e educar os filhos, mas que também valorizam e conseguem apreciar tantas outras coisas na vida. Conheça o Blog. www.maeforadacaixa.com.br

 

 

 

 

Um comentário

  1. Mi hija desde pequeña veía el iPad, claro un tiempo determinado, sobre todo lo usaba cuando le hacia terapia respiratoria porque ayudaba a quedarse tranquila, ya luego ellos ven a uno (los padres) usando iPhone, iPad, TV, que es normal ellos encuentren atractivo en esas cosas ya que los hijos aprenden imitando lo que hacemos, por eso al querer limitar el uso de esos dispositivos, también tenemos que limitar el uso de nosotros en esos dispositivos, para dar el ejemplo, pero pienso que hay muchos App educativos y que ayudan a que ellos se distraigan por algunos minutos.

    Vivo en Venezuela.
    Snapchat Cristina-ZV
    Instagram @cristinazv

Participe!