Você leva sua criança ao mercado?

Você leva sua criança ao mercado?

Sempre levo Alice comigo ao mercado, à feira, e ela encara isso como uma diversão. O bom é que enquanto na cabecinha dela é apenas uma “brincadeira”, na vida ela aprende a colaboração.

Hoje, com 3 anos e 10 meses, no caminho de casa até o mercado eu e ela falamos “o que está na lista”, e ela já decora bem os itens que repetimos.

No mercado perto de casa tem um mini carrinho, e ela faz questão de pegar o item que combinamos, colocar no carrinho, e andar pelos corredores do mercado procurando o que colocamos na lista.

Aqui isso faz parte do nosso dia a dia desde sempre, e quando vou ao mercado, ou tenho qualquer outra tarefa para fazer, não fico reclamando nem falando do “peso” da tarefa, e a incluo respeitando seus limites e incentivando a aprender e conquistar independência!

13239013_1448807411803469_4558750462596358331_n

E por aí, você leva as crianças ao mercado?

Tenho amigas que fazem questão de NÃO LEVAR. Os argumentos vão desde que “as crianças ficam pedindo coisas demais” até o que a grande maioria de nós mortais passamos que é a “pirraça”. Por aqui já aconteceu (e sim, ainda acontece) de Alice pedir bobagens que não estão na lista, ela também já fez pirraça, mas são situações que inevitavelmente passamos seja no mercado, na padaria, na lojinha da esquina… situações que fazem parte da vida. Se eu evitar levar Alice para que “nada saia do jeito que planejei”, não vou conseguir passar pra ela a experiência da colaboração, como também não conseguirei educá-la e orientá-la nas diversas situações da VIDA.

13254136_1448807468470130_1319943212218314234_n

É meu dever de mão apresentar à ela o mundo, e conduzir, da melhor forma possível, a participação dela em todo e qualquer ambiente que façam parte da NOSSA REALIDADE.

Limite e educação a gente ensina em casa 😉

13240529_1448807378470139_1099194978004978545_n

Participe!