Ford Design Feeling

Ford Design Feeling

Aconteceu aqui em São Paulo um encontro chamado Ford Design Feeling,  que mostrou o trabalho da área de Design da Ford, e as curiosidades sobre o processo de criação de um carro. Das peculiaridades mostradas, sem dúvida alguma os “TRAJES DE EMPATIA” fizeram meus olhos brilharem.

No vídeo abaixo vocês podem conferir um belo resumo de como foi o evento, e logo abaixo do vídeo, algumas impressões pessoais:

Você já viu um senhor  (ou uma senhora) se “preparando” para sentar? Eles meio que afastam os pés e vão descendo aos poucos, até “caírem” na cadeira, certo?! Pois é, eu sempre que vejo esta cena me pego pensando: o que será que o corpo dele sente… Dor? Travamento? Incômodo? A pretenção de todos nós é chegarmos à terceira idade, de preferência, com a melhor saúde possível, logo, esse tipo de pensamento sempre permeia minha mente… Aí que um dia desses a Ford apresentou pela primeira vez no Brasil os “TRAJES DE EMPATIA”, e eu tive o privilégio de presenciar e usar roupas que simulam efeitos e sensações de pessoas da terceira idade, e vou te falar: é uma experiência que todos nós deveríamos conhecer, para respeitarmos mais, e nos atentarmos com mais carinho às debilidades que cada situação adversa demonstra.

img_6260

A Ford, em parceria com seus centros de pesquisa na Europa, desenvolveu vestimentas que simulam, em situação próxima do real, os efeitos da gravidez, terceira idade, uso de drogas e embriaguez ao dirigir um veículo. Usadas pelos seus especialistas para pesquisar todos os aspectos e diferentes condições de uso ao volante, o objetivo dos trajes é entender as dificuldades e limitações e também conscientizar sobre o perigo mortal de dirigir sob efeito de álcool ou de drogas.

traje-de-empatia-gravida

Essa técnica de simulação contou com a contribuição de cientistas que pesquisaram os efeitos da redução de mobilidade para ajudar no desenvolvimento dos carros da marca e proporcionar mais conforto e melhor dirigibilidade para os motoristas. “Queremos que as pessoas possam se colocar no lugar de gestantes e idosos, por exemplo, e entendam como é entrar e sair do carro, dirigir e até sentir a posição do volante”, Matheus Demetrescu, gerente de Engenharia.

forddesignfeeling2016-16

 

Outro aspecto que me fascinou foi ver o trabalho do designer de produto Marcelo Paiva Aguiar (na foto abaixo), que desenha automóveis desde quando era criança.

forddesignfeeling2016-21

img_6213-1

Até eu que nunca fui muito bem em desenhos me arrisquei em uns rabiscos, fascinada com o universo de criatividade mostrado pela Ford (pintei de rosa, que é a cor preferida da minha pequena Alice).

img_6226

Agradeço imensamente a Ford pelo convite. Foi incrível e emocionante conhecer o processo criativo do rabisco ao aço!

 

Participe!